sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Rubrica

E hoje dou inicio a uma nova rubrica que intitulei de Entrevistas telegráficas  e actualmente veranianas. Para isso coloquei algumas questões a algumas blogers. A 1ª entrevistada é a querida Manuela do blog - A Turista Acidental que desde logo se prontificou a responder.

E as perguntas são:

Entrevistas telegráficas veranianas



Bebida deste verão: Água, cerca de 1,5 litro, por dia, mas não digo que não a um fino...

Leituras escolhidas: Este Verão estou a ler uma biografia de Maria Antonieta. Para além do livro, folheio sempre revistas como  a Máxima, a Activa, a Visão, a Sábado e a Evasões.

A praia eleita para este verão: Praia de Vila Praia de Âncora
Foto da Manuela


Um restaurante a não perder: A Taberna Belga (Braga)

Um local para sair,conviver: Espaço Vila (Braga)


Peça de roupa ou acessório obrigatório para este verão: Vestidos e pulseiras

Música para ouvir em modo repeat: Ibiza

Conselhos para este verão:  Respeitar as horas de maior calor e não frequentar a praia nessas horas, muito menos com crianças, mesmo que tenham sombra, protector solar e t'shirts. É um atentado! 
De resto aproveitar muito e saborear o Verão, como se fosse o último... 



Muito obrigada Manuela. Espero que gostem...

8 comentários:

  1. Uauuu, querida Bá! Ficou giríssima a tua rubrica! Parabéns e obrigada pelas tuas gentileza. :)
    Vou fazer um link, posso?

    ResponderEliminar
  2. Sempre com boas propostas esta Dona Manuela :)

    ResponderEliminar
  3. Com a Manuela como entrevistada, era impossível não gostar!
    Beijinhos,
    Bomboca do Amor.

    ResponderEliminar
  4. Adorei não só a tua ideia, como as respostas da Manuela!!Fantástico!

    ResponderEliminar
  5. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog turista acidental. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderEliminar